Ciclo de cinema sobre a História Contemporânea

O Museu da Comunicação promove o ciclo Cinema e História Contemporânea I com filmes ambientados no período, seguidos de comentários de historiadores e outros profissionais da área. Serão 14 sessões que vão de 03 de outubro a 15 de dezembro, nas quartas-feiras às 18h30min e aos sábados às 15h, totalizando 42 horas com certificados de participação. A atividade é realizada em conjunto com o Centro Universitário La Salle - UNILASALLE. As inscrições são feitas para cada filme através do e-mail hipolito-cinema@sedac.rs.gov.br onde deve ser informado o seu nome completo, telefone para contato e um e-mail pessoal ou você pode enviar a lista de filmes que você vai assistir.  A entrada é franca.

O Cinema tem sido, cada vez mais, um importante instrumento pedagógico, podendo ser utilizado em todos os níveis de escolaridade, nas mais diversas perspectivas e abordagens. O Museu da Comunicação e o Centro Universitário La Salle têm promovido uma longa e bela trajetória pela História através dessa arte, trazendo historiadores e outros profissionais para comentar cada sessão. O presente ciclo aborda o Mundo Contemporâneo, inaugurado pela Revolução Francesa, em 1789.

O primeiro filme é o O Conde de Monte Cristo (Estados Unidos/Irlanda/Reino Unido, 2002, 131min), de Kevin Reynolds que vai ser comentado pelo doutorando da UFRGS Jonatas Caratti. O Conde De Monte Cristo é a história de traição, aventura e vingança mais sensacional de todos os tempos. Quando o audacioso Edmond Dantes é traído por seu amigo e levado preso por engano, ele se deixa consumir pelo desejo de vingança. Após uma fuga milagrosa, Edmond se transforma no misterioso e rico Conde de Monte Cristo, infiltrando-se em meio à nobreza francesa e colocando em ação seu perspicaz plano de vingança.

O segundo filme nessa mesma semana é Sombras de Goya (EUA, 2006, 113min), de Milos Forman que vai ser comentado pelo mestre e professor da UNILASALLE Carlos Hees. Nos primeiros anos do século XIX, em meio ao radicalismo da Inquisição e à iminente invasão da Espanha pelas tropas de Napoleão Bonaparte (Craig Stevenson), o gênio artístico do pintor espanhol Francisco Goya (StellanSkarsgard) é reconhecido na corte do Rei Carlos IV (Randy Quaid). Inés (Natalie Portman), a jovem modelo e musa do pintor, é presa sob a falsa acusação de heresia. Nem as intervenções do influente Frei Lorenzo (Javier Bardem), também retratado por Goya, conseguem evitar que ela seja brutalmente torturada nos porões da Igreja. Estes personagens e os horrores da guerra, com os seus fantasmas, alimentam a pintura de Goya, testemunha atormentada de uma época turbulenta.

Confira a programação completa no link abaixo:

http://www.museudacomunicacao.rs.gov.br/site/programacao/ciclos-de-cinema/