Diretor do Museu ganha prêmio em Belém do Pará

1º lugar categoria Ecologia: “Árvore envergonhada”

O V Salão Internacional de Humor da Amazônia - Ecologia no traço, ocorre de 26 de abril a 5 de maio e teve seus vencedores divulgados. Augusto Bier, cartunista e diretor do Museu da Comunicação RS, foi premiado na categoria Ecologia. O primeiro lugar foi conquistado com a obra “árvore envergonhada”.

O evento ocorre no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia e faz parte da programação da 17ª Feira Pan Amazônica do Livro em Belém do Pará. O Salão tem por objetivo de estimular e divulgar a produção dos humoristas gráficos,  sendo uma espécie de tribuna gráfica para mostrar o talento e a crítica de todos os cartunistas preocupados com os problemas ecológicos que afligem o planeta, particularmente a Amazônia.

No júri estavam cartunistas, caricaturistas, ilustradores, desenhistas e chargistas reconhecidos por seus trabalhos. Os convidados a compor o júri desta edição do prêmio foram Jean Galvão (SP), Ulisses Araújo (RJ), Cássio Loredano (RJ), Orlando Pedroso (SP) e François Gabourg (Martinica).

Veja a relação completa dos ganhadores: na categoria Tema Livre ganharam os cartuns “Violonista”, de Dereck (Brasil), em 1º lugar, e  “Expulsão”, de Jota A. (Brasil), em segundo. No tema Ecologia, os premiados foram os cartunistas Bíer (Brasil), com ‘Árvore Envergonhada’, em 1º lugar, e Liang Junqi (China), com “Mutation P.R”, em 2º lugar. Na categoria caricatura, os prêmio foram para Pakdel, com “Humphrey Bogart”, em 1º lugar, e Yaser, com ‘Clint Eastwood’, em 2º lugar, ambos desenhistas iranianos.