Universíade em livro e exposição

O Museu da Comunicação realiza no dia 29 de outubro (sábado), às 18h, o lançamento do livro Universíade de 1963: a reconstrução da memória através dos jornais de Porto Alegre, de Maristel Pereira Nogueira (doutora em História). O lançamento ocorre de forma simultânea com a abertura de exposição homônima, com material de acervo do museu sobre os Jogos Mundias Universitários (1963), o III Universíade. A entrada é franca.

O livro é resultado da pesquisa de mestrado da autora, com referências sobre o contexto histórico e esportivo que cercam o acontecimento, reforçando as possibilidades da utilização da imprensa como fonte para estudos históricos. A publicação aborda o cotidiano da capital gaúcha em sintonia com as circunstâncias político-sociais que marcaram a década de 1960 e o cenário desse evento que modificou a cidade, mobilizando grande número de pessoas. As competições foram sediadas no Ginásio Universitário (atual Ginásio da Brigada Militar) e em diversos clubes da cidade.

Além dos principais jornais da época, Maristel utiliza depoimentos dos dirigentes e organizadores do evento, dedicando um capítulo especial para as charges. Suas principais fontes são oriundas do acervo de jornais do Museu da Comunicação, de documentos do Centro de Memória do Esporte (ESEF/UFRGS) e de entrevistas com organizadores e dirigentes da U-63.

A exposição pode ser conferida até o dia 15 de novembro, de terça a sábado, das 9 h às 18h. Na semana de inauguração o museu abrirá para visitação no domingo (dia 30 de outubro), das 13 às 18h.